Escolha o idioma:

English | Chinese

Negócios e exportações são destaque no 2º dia da GOTEX SHOW 2016

As rodadas de negócio e a programação de palestras com foco nas exportações foram o destaque do segundo dia da GOTEX SHOW – Feira Internacional de Produtos Têxteis. O evento acontece até esta quinta feira, dia 22 de setembro, no Expo Center Norte, Pavilhão Amarelo.

Na parte da manhã a Câmara de Indústria e Comércio do MERCOSUL e Américas organizou as rodadas de negócio que resultaram em 150 reuniões entre empresários e os expositores da feira. Estiveram presentes representantes de diversos países como China, Peru, Colômbia e Brasil. Segundo Oracio Kuradomi, Diretor de Negócios Internacionais da entidade, o objetivo é fomentar novas oportunidades entre os diferentes países.

Às 14h teve início a programação de palestras. O especialista em negócios internacionais, Mario Pólis, diretor da EMME Consultoria, falou sobre exportação e as oportunidades em um cenário de crise.  Mário explicou que hoje existem no Brasil 20 milhões de empresas cadastradas no sistema CNPJ, mas apenas 20 mil são exportadoras. Segundo ele fatores como a dificuldade em acessar um novo mercado, o desconhecimento dos incentivos fiscais e a visão imediatista, ou seja, ser um exportador temporário, atrapalham o processo. “É preciso planejamento e definir claramente questões como diferencial do produto, nível de qualidade e ter um preço competitivo”, avaliou. Mário também destacou alguns mercados potenciais para as empresas brasileiras nos próximos três a cinco anos: Argentina, Chile, Colômbia, México – considerando que pode ser uma porta de entrada para os EUA, Panamá, Países Árabes e África, citando em seguida outros países da América do Sul, como Bolívia e Peru, Irã e Paquistão e Europa.

João Paulo Paixão, da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, abordou os “Aspectos Culturais e Negociação com Países Árabes”. João falou sobre como a língua, o fuso horário e as questões culturais podem criar barreiras. De acordo com ele criar um relacionamento é extremamente importante antes da própria negociação. “É preciso abrir e manter o canal de comunicação. Para eles isso é de extrema importância. Outro ponto de atenção é o dress code, que deve sempre ser o mais formal possível e a forma de cumprimentar, que é muito diferente da nossa”. João também enfatizou as diferenças no tempo das reuniões, que geralmente são prolongadas e que é bastante comum a troca de presentes, já que sinalizam um gesto de amizade e a prática de sempre barganhar o preço nas negociações.

O Sebrae-SP trouxe duas consultoras com foco nos pequenos e médios negócios. Ariadne Terrado Mecate apresentou a palestra sobre as oportunidades na internet. “O Brasil está entre os cinco países que mais acessam a internet no mundo. São 200 milhões de habitantes e 60% usa a internet com frequência”, mostrando que é um mercado bastante promissor. Nos últimos anos (2010-2014) o e-commerce cresceu 20% ao ano. “Em 2015 o desenvolvimento foi de 15% e este ano a projeção será de 6%”. Apesar do potencial é preciso planejamento e conhecimento. “A concorrência na internet é mais intensa que no mundo físico devido a falta de barreiras geográficas. É preciso investir em marketing”. Segundo ela é necessário um reinvestimento de 3 a 8% do faturamento.

Outro ponto destacado por Ariadne foi a questão de usar as redes sociais para criar relacionamento com os clientes e não só para vender produtos. “Utilize as mídias para produzir conteúdos, dar dicas, poste curiosidades. Hoje, pesquisas mostram que 75% dos clientes não confiam em propagandas, as empresas tem que encontrar formas criativas de quebrar esta barreira”.

Já Beatriz Micheletto explicou os benefícios da pesquisa. “O brasileiro tem uma característica muito empreendedora, mas não planeja”, enfatizando que empresa competitiva é aquela que monitora o mercado e consegue se adaptar às mudanças. Outro ponto importante é coletar os dados e analisar de forma imparcial para a tomada de decisão. “A pesquisa deve ser realizada com o público potencial que for usar o serviço ou o produto”. Beatriz também explicou que toda marca deve ter seu DNA, “afinal ninguém vende tudo para todo mundo”.

Novos Designers Brasil traz 40 looks para a feira

Até 5ª feira a GOTEX SHOW apresenta uma mostra com as coleções dos 10 finalistas do concurso Novos Designers Brasil edição 2016. Ao todo são 40 looks expostos para que o público e os expositores possam ver de perto as criações dos designers.