Escolha o idioma:

English | Chinese

GO TEX SHOW 2014 se firma como feira global

pan_lancamento

 

A mostra conta com a participação de países como Itália, Paquistão, Bangladesh, Índia e China.

A segunda edição da “GO TEX SHOW – Feira Internacional de Produtos Têxteis”, que acontece entre os dias 27 e 29 de outubro de 2014, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, na capital paulista, ganha novo espaço e adesão de diferentes países, o que faz com que o evento caminhe, a cada edição, para se consolidar como uma feira internacional. Entre os quase 250 expositores já confirmados, estão players vindos de Bangladesh, China,Índia, Itália e Paquistão.

Para o Comitê Organizador do evento, – composto pelo CCCT – China Chamber of Commerce for Import & Export of Textile and Apparel, CCPIT TEX – The Sub-council of Textile Industry, China Council for The Promotion of International Trade, Grupo China Trade Center e FCEM – Feiras, Congressos e Empreendimentos – a feira está seguindo o caminho de atuar como uma Textile Global Sourcing,  trazendo para o Brasil expositores de toda a cadeia produtiva têxtil de diversos cantos do planeta. Para atrair os expositores brasileiros que ainda não confirmaram participação na mostra, os organizadores estão oferecendo 50% de desconto na compra dos espaços.
“Estamos trabalhando incansavelmente para que as empresas nacionais percebam a importância de participar de uma feira global reunindo expositores de diversos países. Temos algumas reservas de empresas brasileiras e estamos esperando ansiosamente pelo fechamento desses espaços, para que os empresários brasileiros possam expor seus produtos, estabelecendo a troca de experiência entre empresas vindas de diversos países, como acontece nas principais feiras internacionais do setor”, declara Pan Faming, diretor do Grupo China Trade Center e diretor executivo do Comitê Organizador da “GO TEX SHOW – Feira Internacional de Produtos Têxteis”.
Em 2013, a “GO TEX SHOW” recebeu 5 mil visitantes e contou com a participação de 340 expositores, dos segmentos de fibras, fios, aviamentos, tecidos e produtos acabados (moda e homewear), entre outros, de fabricantes da China, Itália e Taiwan. Para este ano, os promotores mudaram o local de realização da feira ampliando o espaço de exposição em 36% em relação ao ano passado, com uma expectativa de 400 expositores e mais de 6 mil visitantes vindos de diversos países.
As entidades parceiras do evento até o momento são: Abravest – Associação Brasileira do Vestuário; Alobrás – Associação de Lojistas do Brás; Sinvest/GO – Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado de Goiás; Sinroupas – Sindicato das Indústrias de Confecções de Roupas em Geral de Goiânia; e Sindivest/MS – Sindicato das Indústrias de Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul. Outras parcerias estão sendo acertadas.
Programação paralela
Com o objetivo de incrementar ainda mais a programação da “GO TEX SHOW 2014” o Comitê Organizador da mostra está preparando uma série de eventos paralelos para deixar a feira ainda mais atrativa aos visitantes. No dia 27 de outubro, acontece a final do concurso “NOVOS DESIGNERS BRASIL” envolvendo estudantes de moda da cidade de São Paulo. Os participantes vão apresentar uma coleção de quatro looks completos concebidos a partir de tecidos de quatro empresas chinesas. Os 10 finalistas, escolhidos por um júri técnico, vão confeccionar as peças e se apresentar na grande final quando será conhecido o vencedor.
O Concurso “NOVOS DESIGNERS BRASIL” terá como tema “Ano Novo Chinês à Brasileira – 2015, o ano da Cabra” e irá promover o desenvolvimento de produtos diferenciados com matérias-primas chinesas e design brasileiro, incentivando o Brasil a investir em design e nos designers, condição essencial para atuar como um player importante no cenário internacional. A ação irá facilitar o intercâmbio entre os jovens designers com produtores de tecidos chineses, promovendo uma sinergia criativa entre os dois países.
Simultaneamente, o Concurso “NOVOS DESIGNERS BRASIL” irá estabelecer uma relação entre a “GO TEX SHOW” e as principais instituições de ensino com cursos de moda do Brasil, que representam a nova geração do setor têxtil brasileiro, mostrando o celeiro de jovens talentos existentes na cidade de São Paulo e fortalecendo a parceria (matéria-prima chinesa e designers brasileiros) em um ambiente de inovação e criatividade.
No segundo dia da mostra acontece uma programação de palestras que visam dar suporte para os pequenos e médios empresários brasileiros que têm o interesse de atuar no comércio exterior.
Para o terceiro dia do evento, o Comitê Organizador está preparando uma rodada de negócios que vai agilizar as negociações entre expositores e compradores.